Em 3D       Didáctica       Jogos       Mostras       Turismo




MOSTRAS E PRODUTOS



EM ITINERÁNCIA



INFORMAÇÃO ESTÁVEL

  História
  Tipologias
  Mostras itinerantes
  Em acção
  Produtos
  Encontros no Minho
  embarcArte
  Verão no Cabe
  Moinho da Alameda
  Barcas para o Ulha
  Festa em Salvaterra
  Planeando um carocho
  Os nossos rios
  Aos mestres
  Mitos dos rios
  Artes de pesca
  Peixes autóctones
  Engenhos da água
  Navegar com vara
  Lanchas do Sil
  Lanhelas no Minho
  Projecto barco de dornas
  Rios em liberdade
  Falam de nós  .















NO RIO E NA REDE


De 2001 a 2002

De 2002 a 2007


© Barcas do Minho, 2001-


O rio Minho galego-português, nova publicação
Barcas do Minho




Leituras sobre o Minho navegável, do rio como o viveiro mais importante na cria de peixes da Península Ibérica, da pesca e das embarcações de estaleiros minhotos que chegaram ao Brasil, dos rituais dos pescadores e das relações entre os povos das ribeiras.



Etnografia da Ribeira Sacra, em nova edição
Barcas do Minho




Uma interpretação do patrimônio cultural da Ribeira Sacra desde a voz dos protagonistas. A cultura do vinho e dos rios, os esgrafitos na arquitetura, o Entrudo e os foliões, as crenças... As historias, em plural, dos papeiros e rabudos contadas a próprios e visitantes.



O legado dos ribeiraos, em livro
Barcas do Minho




As embarcações fluviais, do legado patrimonial a novos usos em ativação. Barcas de passagem. Náufragos de rio. Mitologia. Aparelhos de pesca fluvial. Uma revisão de 2011 dos trabalhos publicados sobre a cultura fluvial.



Festa do Rio em Arcos de Valdevez
A Folia | Barcas do Minho




No rio Vez, junto à ponte centenária, Festa do Rio com barcos alegóricos. Com o tema "Referências Históricas de Arcos de Valdevez e Concelhos Limítrofes", contam com embarcações tradicionais o 11 de Agosto, no espetáculo que remata as festas da Nossa Senhora da Lapa.



A Galiza fluvial na mostra Orinoco
Cidade da Cultura de Galicia | Barcas do Minho




Exibição do mundo fluvial galego, apresentada na Cidade da Cultura, de Maio de 2013 a Janeiro de 2014, na mostra Orinoco. Viaxe a un mundo perdido. Uma oportunidade para o diálogo entre territórios e para reflexionar sobre a supervivência das culturas tradicionais.




RECOMENDÁVEL SOBRE A CULTURA FLUVIAL

  Aquamuseu

Aquário público do rio, lontrário, museu das pescas, biblioteca..., desde Vila Nova de Cerveira.


  Terras do Miño

Reserva da biosfera, ínsuas, caminhos, turismo, centros de interpretação, pesca fluvial..., desde Lugo.





Barcas do Minho